segunda-feira, 29 de julho de 2013

Decisão complicada, mas acertada

Primeiramente, peço que guardem suas pedras e cassetetes, pois isso se trata de uma opinião pessoal. Se você não concorda ou não gosta, paciência. Não tenho como agradar à todos.

Como noticiado pelo blog e por toda imprensa do RN, o conselho deu carta branca para que o ABC assine o contrato com a OAS para jogar no Arena das Dunas entre 2014 e 2018. Tal decisão gerou muita discussão entre torcedores e jornalistas. Alguns contra, outros a favor.

Bom, há algumas semanas atrás, me manifestei a favor de jogar no Arena das Dunas, mas contra a assinatura do contrato que a OAS estava propondo. Porém, também disse que só dá para tomar uma decisão definitiva quando tivermos os detalhes do contrato em mãos. E isso aconteceu hoje, quando vazou pela net todo o teor da negociação.

E, dando uma lida no contrato e até nos resumos feitos por diversos site, cheguei a conclusão que será bom para o ABC jogar lá sim. A proposta não é uma maravilha, mas é aceitável. Faltou um maior poder de barganha por parte da diretoria do ABC sim, mas isso já era esperado.

Agora, duas coisas me preocupam.

1) Porque esse medo da diretoria do ABC em divulgar para os conselheiros a proposta da OAS com um tempo hábil para que o contrato seja lido, re-lido e analisado cuidadosamente para, aí sim, se chegar a alguma decisão? Porque essa pressa para que o contrato seja assinado? Para mim, isso só tem uma resposta: desespero por dinheiro. A diretoria só estava de olho naquele 1 milhão (que acabou virando 2 milhões) que o Mais Querido iria receber na assinatura do contrato, encarado como "a salvação do ABC em 2013". A impressão que tive era de que não importava o resto do contrato, apenas as luvas, e tinha medo do que pudesse acontecer.

2) O que será feito com esse dinheiro? Sim, pois com 2 milhões, dá pra manter os salários em dia e trazer alguns reforços para escapar do rebaixamento. Na teoria é tudo muito lindo, mas na prática é diferente. Quem garante que esse dinheiro será bem investido pelo alvinegro? 2011 foi o ano em que o clube mais arrecadou e o que vimos foi um festival de dinheiro jogado fora quando a diretoria trouxe jogadores como Alessandro Lopes, Kauê, Malaquias, Marcus Vinícius, Samuel, Ray e por aí vai (não vou citar mais, se não passo o dia inteiro aqui). Quero saber se esses 81 conselheiros que votaram a favor da proposta vão fiscalizar a forma como o dinheiro será gasto pelo clube, ou se vão balançar a cabeça pra tudo feito marionetes. Vamos aguardar...

Outra coisa que tem preocupado muito os torcedores é em relação ao estádio Frasqueirão ser abandonado pelo clube. Bom, ouvi dizer que iam destinar 10% de tudo que o ABC arrecadar com a OAS seria usado para a manutenção e melhoria do estádio Frasqueirão. Se irão fazer isso ou não, são outros quinhentos. Mas uma coisa é certa: se não fizerem isso, não será por culpa do contrato. As arquibancadas do Frasqueirão estão ruins e o alambrado tá pra cair, e não é por culpa desse acordo, é culpa do descaso da diretoria.

Minha esperança é que como o Frasqueirão será CT da Copa de 2014, receba algum investimento. Se não, só esperando o mandato de Rubens acabar e rezar para que o outro presidente tenha zelo pelo estádio, porque se não, independente do ABC jogar 1 ou 100 jogos no Frasqueirão, o estádio continuará abandonado.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário