terça-feira, 3 de setembro de 2013

Situação é difícil, mas não impossível

Fiz um levantamento da classificação final do primeiro turno desde 2006, quando a Série B passou a ser disputada por pontos corridos. Confira:

2006

17º - São Raimundo/AM - 26 pts (terminou em 19º)
18º - Portuguesa - 23 pts (terminou em 14º)
19º - Ceará - 23 pts (terminou em 15º)
20º - Remo - 22 pts (terminou em 12º)

2007

17º - Santa Cruz - 21 pts (terminou em 18º)
18º - Santo André - 20 pts (terminou em 14º)
19º - Remo - 18 pts (terminou em 19º)
20º - Ituano - 17 pts (terminou em 20º)

2008

17º - América/RN - 20 pts (terminou em 15º)
18º - Paraná - 17 pts (terminou em 11º)
19º - Brasiliense - 13 pts (terminou em 13º)
20º - CRB - 12 pts (terminou em 20º)

2009

17º - Fortaleza - 22 (terminou em 18º)
18º - Juventude - 22 (terminou em 17º)
19º - ABC - 15 (terminou em 20º)
20º - Campinense - 14 (terminou em 19º)

2010

17º - Santo André - 20 pts (terminou em 18º)
18º - Vila Nova - 17 pts (terminou em 16º)
19º - América/RN - 16 pts (terminou em 20º)
20º - Ipatinga - 15 pts (terminou em 19º)

2011

17º - ASA - 21 pts (terminou em 16º)
18º - Salgueiro - 13 pts (terminou em 19º)
19º - Vila Nova - 9 pts (terminou em 18º)
20º - Duque de Caxias - 8 pts (terminou em 20º)

2012

17º - Guaratinguetá - 15 pts (terminou em 16º)
18º - Bragantino - 15 pts (terminou em 14º)
19º - Ipatinga - 13 pts (terminou em 19º)
20º - Barueri - 10 pts (terminou em 20º)


Como podemos ver, os maiores exemplos são o Brasiliense e Paraná em 2008, Vila Nova em 2010 e Bragantino e Guaratinguetá em 2012. Difícil é, mas impossível não.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário