quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A falta que faz um elenco

Muitos, inclusive eu, diziam: "se o ABC tivesse com esse time desde o início do campeonato, com certeza iria brigar forte para subir". Hoje, penso totalmente diferente. Se tivéssemos com esse time desde o início da competição, provavelmente começaríamos bem, ficando entre os 3 primeiros durante algumas rodadas, mas logo depois começaria a cair e terminaria o campeonato lá pra 10º, 11º colocado.

O motivo é muito simples: o ABC hoje tem um baita de um time, mas não tem elenco. Se alguém se machucar, não tem substituto a altura. O time reserva do alvinegro hoje é mais ou menos esse: Getúlio Vargas; Toty, Rogélio, Gilson e Rodolfo Testoni; Bileu, Serginho, Erick Flores e Tony; Alvinho e Schwenck. Deles, somente Bileu é jogador de Série B, o resto não. Contra o Paysandu, sofremos muito com os desfalques, e sofreremos de novo contra o Oeste. Roberto terá uma dor de cabeça das grandes. 

Rogélio ou Gilson? Toty ou Tiaguinho (embora RF não tem utilizado o jogador)? 3 volantes (com Serginho) ou dois meias (com Tony)? Alvinho, Maurinho ou Schwenck? São opções bem fracas se comparado aos titulares. São jogadores que eram titulares quando o ABC estava na lanterna, ou não estavam, mas são do mesmo nível. Rezemos...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário