domingo, 6 de outubro de 2013

Falar a verdade ninguém quer, não é?

Sobre a tal "superlotação" de ontem:

1) Não houve superlotação. Eu assisti o jogo no módulo I (módulos das cabines e das cadeiras), e pode ver perfeitamente que só houve superlotação na entrada do portão C. Se você ver as imagens da confusão, eles só focam ali, todas as câmeras queriam pegar as cenas da confusão, e nenhuma se preocupou em registrar o módulo II. Tinha um espaço vazio que cabia perfeitamente todos aqueles que estavam na confusão, só que é claro que a imprensa não vai mostrar, eles vão querer registrar apenas a confusão, que é o que dá IBOPE.

2) Uma das culpadas pelo acontecimento de hoje é a governadora Rosalba, mesmo que indiretamente. Desde fevereiro que ela não paga a diária operacional da polícia militar e por isso eles não estão mandando muitos PM's para o estádio. Em um jogo normal, se mandava 200. Hoje, eram pra ser 400. Sabe quantos estiveram presentes? 70. Isso mesmo, 70 policiais militares para quase 20 mil pessoas que estavam ontem no estádio Frasqueirão, uma média de 3 ou 4 policiais para 1000 pessoas. Portanto, aquele tumulto era algo até previsível. Contra o Boa Esporte, jogo com 5 mil pessoas (apenas 25% do que deu ontem), já houve essa confusão.

3) O torcedor também é culpado SIM. 12 mil pessoas entram pelo portão C, e só metade já havia entrado, a outra metade ficou do lado de fora bebendo até faltar 10 minutos para começar a partida. Aí não dá! Colocar culpa somente nos outros é fácil. Já pensou se todo mundo que fosse para uma peça de teatro entrasse faltando 10 minutos? A peça também teria meia hora de atraso, e a mesma coisa aconteceria num show, por exemplo. Em qualquer lugar, você tem que chegar bem antes, até para garantir um bom lugar. E além dos "atrasadinhos", ainda tivemos a turma que já havia sido revistada, mas não queria sair de jeito nenhum de lá. Aí complica também!

4) Não foi nem de longe o maior público do Frasqueirão. Jogos como ABC 2x1 Bahia em 2007, ABC 3x1 Águia de Marabá e ABC 0x0 Ituiutaba, ambos em 2010, estavam bem mais lotados do que hoje. O problema foi apenas no tumulto inicial, pois entrava muita gente e não tinha PM suficiente para fazer a revista, aí o número de torcedores aglomerados aumentava. De resto, tudo tranquilo.

5) Isso provavelmente irá repercutir muito até o fim desse domingo, no mais tardar até segunda, depois será "esquecido". E sabem porque? Porque eles não estão nem um pouco interessados nas supostas vidas que correram riscos, nem nada do tipo. Não querem nem saber se existe outra versão por trás disso, a versão que estou contando para vocês aqui. Estão interessados apenas em IBOPE!

E fim de papo!

Um comentário:

  1. Rapaz, eu descordo quando você fala que a torcida deixou pra entrar faltando 10 min. Eu tava na confusão e cheguei no portão C pra entrar era 3:30 e so consegui subir 1 degrau da arquibancada no aperreio de 4:20. Demorei 50min pra entrar no estadio, é um absurdo!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário