segunda-feira, 25 de maio de 2015

Algumas considerações sobre o jogo de sabado

1) Saulo levou um frangaço, isso é fato, mas ainda tem crédito de sobra com a torcida. É um goleiraço que há tempos não se via no ABC, portanto bola pra frente. Bonito gesto da torcida ao gritar o nome dele depois do frango e também na saída do intervalo.

2) O ABC não conseguiu criar absolutamente nada por um motivo muito simples: apenas Ronaldo
Mendes e Fabinho Alves foram bem, o resto foi uma negação. Erivélton não dá mais, já chega. Dedé, que eu elogiei bastante a contratação, também foi mal. Reginaldo e Lima caíram drasticamente de rendimento, não acertaram nada ontem, principalmente Reginaldo. Lima não conseguia dar um pique de 10 metros no segundo tempo. Esses 4 jogadores citados são os que, na teoria, deveriam ajudar os pontas do ABC a criar as jogadas, mas não fizeram nada no jogo e o resultado disso foi um ABC inofensivo contra a equipe da Luverdense. A impressão que dava era de que podia passar mais 5 horas jogando que não saía gol.

3) Não consigo entender como tem torcedor do ABC que consegue reclamar de Kayke. É muita loucura, não consigo acreditar que exista torcedor assim. O cara tem 14 gols no ano, fez mais um sábado, e alguns (uma grande minoria, é verdade) ainda acham ruim. E não é de hoje que a torcida do ABC reclama dos seus artilheiros. Sei não...

4) Chiclete não é craque, mas no atual time, ele tem vaga sim, ao menos no lugar de Erivélton, que não vem jogando absolutamente nada. Entrou bem na partida.

Acho que é "só", não tenho mais o que falar desse jogo. Não dá mais para tropeçar em casa contra esses times fracos. Contra o Oeste nós perdemos, mas "recuperamos" vencendo o Criciúma, num jogo onde poucos acreditavam no ABC. Agora, o alvinegro tem que vencer algum jogo fora de casa para pelo menos "compensar". Sexta que vem tem o Santa Cruz no Arruda.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário