domingo, 6 de setembro de 2015

3 pênaltis, 3 defesas

Nas três vezes que o ABC atuou na Arena das Dunas em 2015, uma penalidade máxima foi marcada para o adversário em cada jogo. E em todas elas, a cobrança foi defendida.

Na primeira vez, foi Saulo (ABC) x Max (América-RN). Melhor para o arqueiro ABCdista, que defendeu a cobrança adversária e ajudou o ABC a vencer a partida por 2x0, dia 19/04.

10 dias depois, foi a vez da segunda cobrança. Novamente Saulo x Max, e novamente o camisa 1 alvinegro defendeu. A partida foi válida pelo jogo de ida da final do Estadual e acabou empatada em 1x1.

A terceira aconteceu no jogo da última sexta (04), contra o Santa Cruz, pela 23ª rodada da Série B. Dessa vez, Gilvan x Anderson Aquino, vice-artilheiro da Série B, e o paredão do Mais Querido levou a melhor e salvou a equipe da derrota aos 42 do segundo tempo.

Além dessas 3, o ABC ainda defendeu (através de Saulo) a cobrança de Jobinho, do Bragantino, na 5ª rodada da Série B, mas o jogador acabou fazendo o gol no rebote. Fernando, do CRB, chutou pra fora na partida seguinte.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário